PBGás garante não subir preço do gás natural

Paraibana de Gás (PB Gás), George Morais, comentou em entrevista ao programa Rede Verdade da TV Arapuan que a empresa está fazendo uma campanha para incentivar o uso de Gás Natural veicular e que para isso se compromete em não subir o valor do combustível e promete expandir a rede para o centro da cidade até 2019.


De acordo com Morais, não há nenhuma perspectiva de e crescimento do preço do gás natural nos próximos meses. “A PB Gás está comprometida em manter esse preço econômico, razoável, adequado para os nossos usuários, estamos em constante contato com os postos e tenho certeza que eles também estão comprometidos em fazer com que esse benefício chegue ao consumidor final”, afirma.

Questionado sobre o temor da falta do combustível, o presidente afirmou que não há nenhuma sinalização neste ponto e que a PB Gás compra da Petrobrás e trabalha com uma margem de segurança “enorme”. “Temos indústrias que trabalham 24 horas com gás natural, temos uma equipe de excelência técnica e de gestão e tomamos cuidado para não só os usuários do segmento veicular que é o foco da campanha, mas também residencial e industrial, não há nenhum indicativo de que vá faltar”, afirma.

“A PB Gás está com gás sobrando para oferecer mais esse benefício para todos os usuários paraibanos”, garante.

Expansão - Em João Pessoa hoje em dia estamos no segmento comercial e residencial, em Manaíra, Tambaú, Altiplano, Cabo Branco e Brisamar, e está iniciando pelo Bessa a estalação. “A tendência e o planejamento estratégico com plano de ações para até 2019 a gente venha interiorizando no sentido praia-centro e passar por Tambauzinho, Expedicionários, até chegar ao Tambiá e Centro”, explica, apontando que a perspectiva é de até 2019 seja expandido para outros segmentos serem atendidos em razão da “excelente procura e receptividade” que a empresa está tendo.



 Paraíba.

Senadores defendem novas medidas
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou que políticas voltadas ao delito estão destinadas ao fracasso. Para ele, o Estado deve voltar sua atenção aos jovens, identificando fatores de risco, como o afastamento da escola.

Lindbergh mencionou experiência da cidade de São Carlos (SP), que, ao mudar o foco para a pessoa do menor infrator, viu a redução do número de homicídios, da taxa de reincidência e do número de internados.

Cristovam Buarque (PDT-DF) ressaltou que, embora entenda o sentimento de vingança por parte de quem sofre uma perda em decorrência de um ato praticado por menor, o Parlamento "não deve cair na tentação" de simplesmente seguir a vontade da maioria na questão da maioridade.

Em sua avaliação, a mudança na maioridade não reduziria a violência e levaria à condenação penal de jovens que não receberam o devido apoio, principalmente educacional.

A senadora Regina Sousa (PT-PI) citou as medidas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para refutar a alegação de que crianças e adolescentes infratores não são punidos. Segundo ela, as entidades contrárias à redução têm de pressionar os parlamentares.

Telmário Mota (PDT-RR), que preside a audiência pública, destacou que a preocupação da CDH é de ouvir especialistas no assunto, independentemente de serem contra ou a favor da redução da maioridade.
Senadores presentes à audiência pública da Comissão de Direitos Humanos (CDH) sobre a maioridade penal questionaram a eficácia de uma eventual redução do limite de 18 para 16 anos e enfatizaram a obrigação de o Estado prover a assistência necessária às crianças e aos adolescentes.



Portal Correio

 Padre embriagado é flagrado em blitz

Um padre foi flagrado embriagado em uma blitz, na madrugada deste sábado (25), depois de ter batido em uma motocicleta da Polícia Militar, no bairro Ouro Preto, na Região da Pampulha em Belo Horizonte. O religioso foi detido, depois de passar por um teste de bafômetro. O exame apontou 0,44 mg/l de álcool no sangue. Acima de 0,34 mg/l é considerado crime de trânsito.

De acordo com a PM, o padre Erli Lopes Cardoso, de 41 anos, dirigia próximo a uma blitz, realizada em dois pontos da Avenida Fleming, zona boêmia da Pampulha. O religoso, que dirigia um veículo modelo Fox, acabou se chocando contra uma moto da PM.

No boletim de ocorrência consta que Cardoso assumiu que ter bebido “duas cervejas e uma dose de pinga”. De acordo com a PM, padre disse que se distraiu enquanto conversava com uma pessoa que estava no banco do carona, quando bateu na moto. Ele disse que tentou frear, mas não conseguiu evitar o acidente.

Durante a abordagem, ficou constatado que o condutor estava com visíveis sinais de embriaguez. O padre teve a carteira de habilitação recolhida. Depois de ser ouvido pela Polícia Civil, ele foi liberado.


 Mais PB.
O Conselho Municipal do Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Serra da Raíz, lançou o edital de convocação para a eleição do Conselho Tutelar.

A eleição é unificada e acontece em todos os municípios do país em única data dia 04 de outubro.

Entre os pré requisitos exigidos para registro de candidatura conforme lei municipal, terá os candidatos que realizarem uma prova de conhecimentos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e:


Idade superior a 21 (vinte e um anos) anos;
2.4- Residir no município há mais de 02 (dois) anos;
2.5- Ensino médio completo;
2.6- Ter comprovada atuação de no mínimo 02 (dois) anos na área de atendimento, promoção e defesa dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes.
2.7- Não ter sofrido penalidade de perda de mandato de conselheiro tutelar no período vigente;
2.8- Estar no gozo dos direitos políticos;
2.9- Não exercer mandato político;
2.10- Não estar sendo processado criminalmente no município ou em qualquer outro deste país;
2.11- Não ter sofrido nenhuma condenação judicial, transitada em julgado, nos termos do artigo 129, da lei nº 8.069/90;
2.12- Estar no pleno gozo das aptidões física e mental para o exercício do cargo de conselho tutelar;
2.13- Obter aprovação em prova escrita com 10 questões objetivas (no qual  terá que acertar 50% mais 1) de cunho eliminatório (múltipla escolha) ,onde serão avaliados o conhecimento sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e a capacidade do candidato de desempenhar suas funções.
2.14- A função de Conselheiro Tutelar exige dedicação exclusiva, vedado o exercício concomitante de qualquer outra atividade pública ou privada.












 Dom Sérgio da Rocha

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou ontem (24) nota sobre a conjuntura do país, com críticas ao projeto de lei que regulamenta a terceirização de mão de obra nas empresas e à proposta de redução da maioridade penal. A nota foi divulgada no encerramento da 53ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP). Na reunião também ocorreu a cerimônia de posse de dom Sérgio da Rocha na presidência da CNBB.

De acordo com a nota, a entidade avaliou "com apreensão" a realidade brasileira, "marcada pela profunda e prolongada crise que ameaça as conquistas, a partir da Constituição Cidadã de 1988, e coloca em risco a ordem democrática do país". A nota acrescenta que "a retomada de crescimento do país, uma das condições para vencer a crise, precisa ser feita sem trazer prejuízo à população, aos trabalhadores e, principalmente, aos mais pobres".

Sobre o projeto que trata da terceirização, o texto expressa que ele não deve restringir direitos. "A lei que permite a terceirização do trabalho, em tramitação no Congresso Nacional, não pode, em hipótese alguma, restringir os direitos dos trabalhadores. É inadmissível que a preservação dos direitos sociais venha a ser sacrificada para justificar a superação da crise", registra.

Na avaliação dos bispos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 171/1993), que propõe redução da maioridade penal para 16 anos, é um "equívoco que precisa ser desfeito". Para a CNBB, a redução da maioridade penal não é solução para a violência no país. "Investir em educação de qualidade e em políticas públicas para a juventude e para a família é meio eficaz para preservar os adolescentes da delinquência e da violência", aponta.

Outro tema abordado na nota é o projeto de lei que altera o Estatuto do Desarmamento. A avaliação é de que se trata de ilusão a ideia de que facilitando o acesso da população à posse de armas se combate a violência.


Ao final do texto, a CNBB salienta que muitas destas e de outras matérias que incidem diretamente na vida do povo têm, entre seus caminhos de solução, uma reforma política. A reforma política também foi tratada pelo recém-empossado presidente da conferência, dom Sérgio da Rocha, em entrevista a jornalistas.
Ele disse que "o fato de a Igreja falar da reforma política, mostrar a importância da palavra política, não quer dizer que esteja adotando uma posição que seja do governo que aí está, ou então de um partido ou outro. Nós fazemos isso [falar da reforma política] com sentimento de corresponsabilidade e de responsabilidade na vida social".


Com ClickPB

 Foto: Arquivo

Diferente do que ocorria nos anos anteriores em que as atrações do tradicional São pedro da cidade de Belém, no brejo da Paraíba, eram mantidas em total sigilo até que acontecesse o lançamento oficial, este ano as atrações estão sendo reveladas paulatinamente nas redes sociais e três delas já vazam na rede.


O próprio Secretário  do município, tido como um dos organizadores do evento, o  jovem Everton Gama já confirmou confirmou as apresentações das Bandas Magníficos e Solteirões do Forró no São Pedro 2015.


Nessa sexta-feira (24) em uma emissora de rádio local o assessor de comunicação da prefeitura Madson Lima conformou a apresentação do forrozeiro Flávio José e que o prefeito Edgard Gama deve nos próximos dias divulgar de forma oficial.


Com a antecipação do anuncio das atrações do São Pedro de Belém, é possível que não aconteça, como aconteceu nos anos anteriores, a coletiva de imprensa para o anúncio oficial das atrações e os detalhes do evento.


Banda Magníficos, Solteirões do Forró e Flávio José são atrações dadas como certas


Do ExpressoPB

A Deputada Estadual pelo PSDB Camila Toscano, será entrevistada pela equipe de radiojornalismo da Rádio Talismã FM 99,3 da cidade de Belém, a entrevista foi confirmada pela deputada através de contato com o repórter Felipe Silva.

A deputada fez questão de está ao vivo no programa, para que possa interagir com os ouvintes, a entrevista vai ao ar as 07:00 da manhã desta segunda feira (27) no Jornal da 99 1º edição que tem a apresentação de Walter Batista e Junior Campos e reportagens de Felipe Silva e João Moura.

 

O Tribunal de Justiça decretou na tarde desta sexta-feira (24)  a ilegalidade da greve dos professores estaduais. A decisão foi do desembargador João Alves.
A decisão da Justiça pegou de surpresa o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da Paraíba (Sintep). De acordo com o diretor administrativo da entidade, Antônio Arruda , o comando regional de greve vai se reunir às 10 horas da manhã deste sábado (25) para avaliar a decisão do TJ.

 De acordo com o desembargador, o retorno às funções deve acontecer no prazo de 48h, sob pena de multa e corte de ponto dos servidores da Educação.
Para João Alves a decisão o serviço da categoria é essencial e em caso de descumprimento a multa deverá ser paga pelo sindicato no valor de R$ 5 mil por dia.

Os professores do Estado estão em greve desde 31 de março e reivindicam reajuste do Ministério da Educação de 13,01%, por força de lei federal; reajuste de 9% e regime de trabalho T-30 para funcionários; revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) do Magistério e aprovação do PCCR dos funcionários; elevação da gratificação de direto e eleições diretas em todas as escolas; pagamento integral do piso do Magistério. 
 
Paraiba.com


COMPARTILHE! Neste domingo, a partir das 15:00 hs, haverá uma reunião na Avenida Presidente Kennedy-203 cuja finalidade é a fundação da UNIDA - União dos Deficientes Físicos e Amigos - a entidade não governamental tem por objetivo a defesa dos direitos dos portadores de necessidades especiais. Convidamos todos que tem simpatia pela causa, principalmente os deficientes físicos e seus acompanhantes e familiares. A associação é uma iniciativa de Severina Ramos Fernandes (Silvinha) e Zé Augusto de Oliveira.




 

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (23), um incêndio na loja de produtos agropecuários (comercial Bezerra), em Tacima-Pb, do empresário Eronides Daniel.

 Segundo informações preliminares, ao abrir a loja, as funcionárias Wuisla e Márcia perceberam um cheiro forte de algo queimando. Na realidade se tratava de curto circuito da rede elétrica que posteriormente, culminou num foco de incêndio. 

Especulações dão conta de que na empresa se vendia pólvora para espingardas usadas para caça e que, foi a pólvora que desencadeou as explosões vitimando as duas funcionárias. 
O SAMU foi acionado e as vítimas socorridas.
 
 
 
 
Sensocriticopb

 

Sete contas anuais de Prefeituras e quatro de Câmaras de Vereadores compõem, em meio a outros processos, a pauta de julgamentos do Tribunal de Contas do Estado que, esta semana, se reunirá nesta quinta-feira (23), a partir das 9 horas, sob a presidência do conselheiro Arthur Cunha Lima.

Terão as contas julgadas pelo TCE os ex-prefeitos de Massaranduba (Paulo Fracinete de Oliveira, exercício de 2012) e Manaíra (José Simão de Sousa, 2011). Também, os atuais prefeitos de Natuba (José Lins da Silva Filho, 2012), Belém (Edgard Gama, 2013), São João do Tigre (José Maucélio Barbosa, 2013), Pilõezinhos (Rosinaldo Lucena Mendes, 2013) e Água Branca (Tarcísio Alves Firmino, 2013).

As Câmaras Municipais com prestação de contas na pauta do Tribunal são as de Monteiro, São João do Cariri, Caldas Brandão e Poço Dantas, todas referentes ao exercício de 2013.
Haverá o julgamento, ainda, das contas oriundas da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba e da Companhia Paraibana de Gás, atinentes, em ambos os casos, a 2012. Da mesma pauta consta o processo 14.965/11 instaurado para exame de documentação referente à Inspeção Especial do TCE no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, exercício de 2011.



Assessoria

 Prefeituras receberão aumento de 20% do FPM

As 223 prefeituras paraibanas devem receber R$ 390.914.106,00 referentes ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nos meses de abril e maio. A estimativa é do Observatório de Informações Municipais com base em projeções realizadas no Tesouro Nacional. As estimativas representam apenas uma indicação, dependendo da evolução da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados.

Para o mês de abril a expectativa é que as prefeituras recebam R$ 162.880.864,00 e para maio o valor estimado é de R$ 228.033.242,00. Na estimativa já está deduzido o valor que se destina à constituição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Portanto, o valor bruto apresentado na discriminação da receita será 20% maior.


Polêmica PB