O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna

São Paulo – O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna faleceu nesta quarta-feira, 23, aos 87 anos, segundo informou a GloboNews.
O escritor foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Real Hospital Português, em Recife (PE), na noite desta segunda-feira (21) após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Ele estava em coma e respirava com ajuda de aparelhos.
Ariano Suassuna nasceu em João Pessoa, em 16 de junho de 1927. Seu pai, João Suassuna, governou o estado daParaíba entre 1924 e 1928 e foi assassinado no Rio de Janeiro em consequência da Revolução de 1930, quando Ariano tinha apenas 3 anos.
No mesmo ano, sua mãe voltou com os 9 filhos para uma cidade no sertão da Paraíba, Taperoá, onde o escritor começou a frequentar a escola. Doze anos depois, a família se mudou para Recife e, em 1946, Ariano entrou na Faculdade de Direito.
Seu interesse por teatro se manifestou logo. Ainda na faculdade, Suassuna fundou com outros colegas o Teatro do Estudante Pernambucano e escreveu sua primeira peça, “Uma mulher vestida de sol”, que foi premiada.
Formou-se em 1950, mas nunca abandonou seu interesse pelo teatro. Produziu diversas peças neste período e seu maior sucesso, “O Auto da Compadecida”, foi escrita em 1955.
Com ela, o autor ganhou prêmios e projeção nacional e internacional. O texto foi traduzido para nove idiomas e adaptado para o cinema pelo diretor Guel Arraes em 2000.
Em 1957, Ariano se casou com Zélia de Andrade Lima, com a qual teve seis filhos. Foi membro fundador do Conselho Federal de Cultura, do qual fez parte de 1967 a 1973 e do Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco, no período de 1968 a 1972.
Em 1969, foi nomeado Diretor do Departamento de Extensão Cultural da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, ficando no cargo até 1974.
Seu interesse pela cultura o fez lançar em Recife, em 1970, o “Movimento Armorial”, que buscava o desenvolvimento e o conhecimento das formas de expressão populares tradicionais.
O escritor também foi Secretário de Educação e Cultura do Recife de 1975 a 1978 e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) por mais de 30 anos, onde ensinou Estética e Teoria do Teatro, Literatura Brasileira e História da Cultura Brasileira.
Ariano Suassuna era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1989. 
Atualmente, estava engajado na campanha do candidato à presidência Eduardo Campos (PSB), participando do lançamento de sua candidatura em abril em Brasília e também de um encontro com a militância de Campos no início de julho.

Com Exame e G1

taffarel ex-goleiro (Foto: Getty Images)

O técnico Dunga e o coordenador Gilmar Rinaldi anunciaram, na tarde desta quarta-feira, a nova comissão técnica da seleção brasileira. Titular nas Copa de 1990, 1994 e 1998, Taffarel está de volta. Ele será o preparador de goleiros, cargo que vinha exercendo no Galatasaray, da Turquia. Taffarel colaborou com Dunga em 2010, como olheiro na Copa do Mundo. O cargo de auxiliar-técnico será de Andrey Lopes, que trabalhou recentemente com o treinador no Internacional. 
Outro atleta campeão da Copa do Mundo de 1994, Mauro Silva também fará parte da comissão técnica.
- Abrimos um leque de profissionais de várias partes do país para trabalhar. Trouxemos alguns campeões do mundo para a Seleção ter um DNA de campeão, para transportar essa experiência e qualidade - disse Dunga, durante o anúncio, no site da CBF. 
No entanto, segundo Gilmar Rinaldi, o ex-volante será um auxiliar-técnico pontual para os primeiros amistosos. A CBF pretende convidar ex-jogadores para colaborar em determinados jogos.
-  Vamos chamar jogadores que já foram campeões do mundo para termos este DNA em nossa equipe. Queremos que este profissional seja sempre o nosso olho crítico, apontando aquilo em que podemos melhorar - revelou Gilmar Rinaldi. 
O preparador físico Fábio Mahseredjian também foi confirmado. Ele vai substituir Paulo Paixão, que deixou a seleção brasileira com a antiga comissão técnica. Quem segue na Seleção é o médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG.
Mauro Silva tour da taça rio branco (Foto: João Paulo Maia)Campeão ao lado de Dunga em 1994, Mauro Silva vai ajudar nos primeiros jogos (Foto: João Paulo Maia)

Com Dunga, Gilmar Rinaldi, Taffarel e Mauro Silva, quatro tetracampeões da Copa de 1994 fazem do novo comando da seleção brasileira. Curiosamente, na semana passada comemorou-se 20 anos da conquista nos Estados Unidos. 


Dunga foi confirmado como novo técnico da seleção brasileira nesta terça-feira. Ele retorna ao comando da equipe após quatro anos. Sua primeira convocação nesta nova fase será no dia 25 de agosto, quando ele chamará atletas para os amistosos contra Colômbia e Equador, nos dias 5 e 9 de setembro, respectivamente, nos EUA. 

Nova comissão técnica da Seleção


Coordenador técnico - Gilmar Rinaldi

Técnico - Dunga
Assistente técnico - Andrey Lopes
Assistente técnico pontual - Mauro Silva
Preparador físico - Fabio Mahseredjian
Preparador de goleiros - Claudio Taffarel
Médico - Rodrigo Lasmar
Fisioterapeuta - Odir de Souza
Administrador - Guilherme Ribeiro
Assessor de comunicação e imprensa - Vinicius Rodrigues 
Analista de desempenho tático - Fernando Lázaro Alves
Chefe de segurança - Moacyr Alcoforado
Massagista - Sergio Luís Oliveira 
Roupeiro - Manuel Carvalho de Souza
Roupeiro - Waldecir Leandro do Nascimento


Com Globo esporte 
Na manhã desta terça feira 22, um crime passional chocou a população de São Vicente do Seridó, localizado no Seridó Oriental paraibano, a 200 km da capital.
O pedreiro Edival dos Santos Cândido, de 28 anos, matou a esposa a golpes de faca na frente de um filho de 3 anos de idade. O casal morava no Sítio São Vicente, zona oeste do município.
crimePor volta das 10h30mim desta terça, o garotinho foi deixado sozinho pelo pai em um chafariz e encontrado pelo Conselho Tutelar no Sítio Cardeiro, uma comunidade rural de São Vicente do Seridó.
Nas imediações onde a criança foi encontrada havia acontecido, a poucos instantes, um acidente, na rodovia estadual PB 177, na divisa de Soledade – PB com São Vicente do Seridó, onde uma colisão entre uma moto e um veículo Fiat Idea deixou como vítima fatal o pedreiro Edival dos Santos Candido, de 28 anos, natural de São Vicente do Seridó-PB.
Minutos depois, a nossa reportagem chegou ao local, identificou a vítima e tomou conhecimento que a criança que estava em posse do Conselho Tutelar era filho da mesma. Até então ninguém imaginava que tudo se tratava de um crime passional.
Ao ser indagada pelos conselheiros tutelares sobre onde a mãe estaria, a criança respondeu: “Meu pai matou a minha mãe, ela está morta lá no mato.”
A partir deste momento iniciaram-se as buscas para conferir a veracidade da informação passada pela criança. O corpo da jovem Carla Geane Mateus dos Santos, 22 anos, natural de Juazeirinho-PB, foi encontrado por agricultores nas proximidades do Sítio Pistola, já no município de Olivedos, por volta das 3 horas da tarde, dentro do matagal, com cinco golpes de faca no pescoço e no ombro esquerdo.
De acordo com informações repassadas pela família de Carla, o casal, que estava junto a aproximadamente 7 anos, estaria se separando por ciúmes. Na manhã desta terça o pedreiro foi até a cidade de Juazeirinho, pegou a esposa e o filho, saíram de moto, se dirigiram até um local desabitado, uma área de caatinga fechada, já no município de Olivedos, distante 40 km de Juazeirinho. Lá executou a esposa a golpes de faca na frente da criança e, em seguida, fugiu na moto com sentido a PB 177.
A cerca de 5 Km do local do crime, já na PB 177, a moto conduzida por Edival, uma Honda FAN de placa MOG 5978, de João Pessoa-PB, quebrou e ele a abandonou, tomando a moto de um agricultor que parou para o ajudar.
Na fuga, poucos metros depois, o jovem colidiu frontalmente com um veículo Fiat Idea, de Placa LUW 2511, de Nova Palmeira-PB, que seguia com um casal para a cidade de Soledade-PB. Com o impacto o carro capotou várias vezes, ficando cerca de 80 metros do local da batida e a motocicleta conduzida pelo pedreiro pegou fogo.
Apesar da violência da colisão, os ocupantes do veículo tiveram apenas ferimentos leves, porém Edival morreu na hora. Ele perdeu parte do braço e da perna esquerda.
A criança filha do casal morto foi amparada pelo Conselho Tutelar de São Vicente do Seridó e Soledade. O menino conversava com os conselheiros informando a todo instante que o seu pai havia matado sua mãe dentro do mato.Poucas horas antes do trágico acontecimento, Carla Geane fez postagens no facebook relatando as dificuldades que enfrentava em sua vida.
Os corpos foram recolhidos pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) para serem necropsiados. As famílias aguardam liberação dos mesmos para os sepultamentos: o de Carla em Juazeirinho; e o de Edival, em São Vicente do Seridó.

face 4
100_7237
100_7244
100_7245
100_7307
100_7311
Paraíba Geral e São Vicente Agora
Fotos Paraíba Geral


Em Patos, neste domingo (20), o candidato a reeleição Ricardo Coutinho (PSB) esteve participando de um evento de campanha, onde na oportunidade recebeu a adesão do Prefeito Élio Ribeiro da cidade de Santana dos Garrotes.

A com a declaração do Prefeito Élio que até então seguia a candidatura do PMDB, Vital do Rêgo ficará sem apoio de prefeitos no Vale do Piancó, ficando apenas o duelo entre Ricardo e Cássio em busca de apoios dos 18 prefeitos municipais.

Durante o evento, Ricardo Coutinho voltou a citar a comparação de gestões, principalmente com o ex-governador e candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) como tônica da campanha.

“Essa não é uma disputa de sicrano contra beltrano. É uma disputa entre duas visões e histórias diferentes. Daqueles que foram preparados desde pequeno para a política das elites e sem derramar uma gota de suor. E nós que viemos do movimento popular e sindical, da luta e do trabalho para todos”, citou o Governador.


Com Paraiba Já

Foto: Há pouco mais de 13 anos estou morando na Cidade de Caiçara, lugar que tanto me acolheu e que me fez ser o que hoje sou; empresário e político. Por ter sido tão bem recebido pelos Caiçarenses é que me propus a está do lado de todos, antes mesmo de ser eleito o Prefeito do Município.

O maior motivo de entrar na política e me tornar prefeito desta cidade, foi a vontade do povo, e é para esse que hoje dedico toda minha atenção e meu empenho.

E se cheguei aonde cheguei por ouvir o povo, não poderia ser diferente agora. Não poderia esquecer de quem aqui me colocou e tomar uma decisão isolada, indo contra aquilo que pensam os que me ajudaram e me elegeram. Não sou mais uma pessoa com interesses individuais, eu represento uma cidade e um povo e por isso tive que escutar a grande maioria, e a cada um em particular, Vice-Prefeito, vereadores, secretários, familiares, a todos que de forma direta ou indireta contribuíram para o nosso desenvolvimento.

Assim, estando na condição de representante do povo preciso ouvir os seus anseios e seguir nessa direção.

É pela vontade do povo que faço a minha vontade e escolha, e hoje declaro meu apoio integral, ao lado do Vice-Prefeito Tarcizinho, dos nossos vereadores e de uma grande parcela da população, ao projeto político do Senador Cássio Cunha Lima.

Prefeito de Caiçara-PB
Cícero Francisco

O prefeito de Caiçara Cícero da Eletrolar (PSB) declarou apoio a candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo do estado, em nota em seu perfil no facebook ele esclarece.


Confira:

Há pouco mais de 13 anos estou morando na Cidade de Caiçara, lugar que tanto me acolheu e que me fez ser o que hoje sou; empresário e político. Por ter sido tão bem recebido pelos Caiçarenses é que me propus a está do lado de todos, antes mesmo de ser eleito o Prefeito do Município.




O maior motivo de entrar na política e me tornar prefeito desta cidade, foi a vontade do povo, e é para esse que hoje dedico toda minha atenção e meu empenho.




E se cheguei aonde cheguei por ouvir o povo, não poderia ser diferente agora. Não poderia esquecer de quem aqui me colocou e tomar uma decisão isolada, indo contra aquilo que pensam os que me ajudaram e me elegeram. Não sou mais uma pessoa com interesses individuais, eu represento uma cidade e um povo e por isso tive que escutar a grande maioria, e a cada um em particular, Vice-Prefeito, vereadores, secretários, familiares, a todos que de forma direta ou indireta contribuíram para o nosso desenvolvimento.




Assim, estando na condição de representante do povo preciso ouvir os seus anseios e seguir nessa direção.




É pela vontade do povo que faço a minha vontade e escolha, e hoje declaro meu apoio integral, ao lado do Vice-Prefeito Tarcizinho, dos nossos vereadores e de uma grande parcela da população, ao projeto político do Senador Cássio Cunha Lima.




Prefeito de Caiçara-PB


Cícero Francisco
 A Polícia Militar informou que após o anúncio oficial da morte do grupo, a população do São José soltou fogos comemorando a desarticulação da quadrilha

O caso foi registrado nesta segunda-feira (21), na zona rural de Lagoa Seca, na região de Campina Grande/PB. Cinco homens, suspeitos de tentativa de assalto à casa de um policial militar, morreram durante uma troca de tiros.
Segundo a PM, o grupo pretendia assaltar a casa do policial militar, Jocélio Alves Gertrudes, de 29 anos, quando ele reagiu atirando nos bandidos. Jocélio conseguiu acertar um dos elementos e houve um intenso tiroteio dentro da residência. A esposa dele e uma irmã também foram baleadas.
Os bandidos fugiram do local e o policial chamou a PM, que cercou a área e iniciou perseguição aos suspeitos, que foram alvejados durante uma troca de tiros, foram socorridos pelos policiais, mas não resistiram e morreram.
Fotos obtidas do Facebook do jornalista Márcio Rangel
Fotos obtidas do Facebook do jornalista Márcio Rangel
Jocélio, a sua irmã Rejanira Alves Rodrigues e a sua esposa Mônica Rodrigues Costa, foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina. A assessoria da unidade de saúde informou que as duas mulheres já tiveram alta e que o policial ferido ainda se encontra na Unidade de Terapia Intensiva, mas apenas por precaução, pois ele está consciente, orientado e fora de perigo.
Uma pessoa que estava no hospital de trauma de Campina Grande, no momento em que a polícia socorria os suspeitos, gravou quando pelo menos três deles davam entrada naquela unidade de saúde.
 Fotos obtidas no Facebook do jornalista Márcio Rangel
Os cinco jovens mortos na troca de tiros com a PM residiam no bairro São José, em Lagoa Seca/PB e tinha envolvimento com tráfico de drogas, assaltos, roubos e homicídios.

Com Portal Mídia e Portal Correio

Caramujos africanos

Uma nova forma de meningite, transmitida pelo caramujo africano, está se espalhando pelo Brasil e já foi confirmada em seis Estados: Pernambuco, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Em oito anos, foram registrados 34 casos e uma morte.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). A infecção é causada pelo verme Angiostrongylus cantonensis. A doença já foi registrada no Nordeste, mas não há estudo sobre sua incidência na Paraíba, porém, segundo pesquisadores, existindo o caramujo, há sempre a possibilidade de haver a infecção. Mesmo assim, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse que só fará qualquer ação se houver recomendação do Ministério da Saúde.
Os pesquisadores Alessandra Morassutti e Carlos Graeff Teixeira, da PUC-RS, garantiram que não há motivo para pânico, pois além de evoluir para a cura, a doença parece ser pouco incidente. Mesmo assim, recomendam precaução ao manusear os moluscos. 

Com Portal Correio
Uma informação postada pelo radialista Emersom Machado em seu perfil no instagran @MOFICORREIO, dar conta da adesão do prefeito Cicero da Eletrolar (PSB) partido do governador Ricardo Coutinho, a candidatura do tucano Cássio Cunha Lima (PSDB).

Confira Postagem:




Um homem foi preso na manhã desta terça-feira em Serra da Raíz após denuncia de seu padastro, o mesmo é acusado de está fabricando bombas caseiras em "cabaços" (usado por agricultores para colocar água) e soltando nas ruas, em duas noites seguidas houve explosões que foram escutadas por toda cidade, devido ao grande percentual de pólvoras utilizadas e por ser um recipiente grande, alguns cidadãos já estavam amedrontados temendo ser ataques.


Na operação esteve o Cabo Hilton que efetuou a prisão do acusado.


Cinco bandidos tentaram assaltar a casa de um PM   e  acabaram sendo assassinados durante uma troca de tiros com policiais militares. O fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (21) no município de Lagoa Seca na região metropolitana de Campina Grande.
O coronel Lívio Sérgio Delgado, comandante do Batalhão de Campina Grande, explicou que o soldado Jocélio Alves, lotado no Batalhão de Catolé do Rocha, estava dormindo em casa quando a família no sítio Lagoa de Barro.
Ao perceber que o imóvel tinha sido invadido, o policial passou a atirar contra os bandidos que revidaram. Na troca de tiros, o policial foi ferido nas costas , uma irmã dele foi atingida no peito e a prima no pé.
Os bandidos foram embora enquanto que o policial, mesmo ferido, conseguiu socorrer os familiares para o Hospital de Trauma de Campina Grande.
A Polícia Militar foi acionada e uma grande operação foi realizada para prender os acusados que fugiram pelo mato. O bando foi cercado e mais uma vez passaram a atirar contra os policiais e na troca de tiros os cincos bandidos foram mortos.
De acordo com o coronel, todos os acusados tinham um colar no pescoço dando a entender que se trata de uma facção criminosa.
A informação é que o bando vinha aterrorizando os moradores da cidade Lagoa Seca com a prática de assaltos e invasão de residências, principalmente na zona rural.


Com Paraiba.com
 Confira a Nota postada em seu perfil no facebook:

 
Aos paraibanos
Na vida pessoal, e desde muito cedo, aprendi que não se deve invocar o nome de Deus em vão. Na minha vida pública, tive sempre a clareza de não fazê-lo para avaliar comportamentos humanos, nem muito menos julgá-los. Mas, eis que neste momento peço permissão aos amigos e à opinião púbica do meu Estado para recorrer a uma citação bíblica: “Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.
Hoje, passada esta primeira fase do processo eleitoral paraibano de 2014, em que os partidos escolheram seus candidatos para a eleição de outubro vindouro, é chegado o meu tempo de falar.

Devo fazê-lo com a serenidade que, graças a Deus, sempre me acompanhou; com a honestidade de propósitos que nunca deixou de comandar as minhas ações. E, finalmente, com a lealdade que dediquei, nos bons e maus momentos, aos correligionários, aos amigos, aos adversários e, sobretudo, ao povo da Paraíba.

Fui vice-governador, governador, ministro de Estado, secretário de Estado, prefeito de João Pessoa e estou concluindo o mandato de senador da República, cargo para o qual fui escolhido pela vontade livre de 803.600 paraibanos, aos quais sou eternamente grato. Tenho a exata dimensão do quanto todos esses cargos são passageiros. Afinal, o que fica, o que vale, e o que nos fortalece enquanto cidadãos, são as nossas ações, as nossas práticas.

Entrei na política, em 1990, pelas mãos honradas do meu saudoso amigo e irmão Ronaldo Cunha Lima, que entre outras coisas me ensinou: “Política se faz como sacerdócio, não como negócio”.

Este ano, pleiteei legitimamente disputar a reeleição para o Senado. Pelo que estabelece a tradição política do nosso país, era candidato-nato. Mas o meu nome não constará da cédula eleitoral. Na urna eletrônica, não estarei nem com a foto nem com as minhas ideias em defesa de dias melhores para a Paraíba e pelo Brasil.

Não tenho como deixar de enfrentar a pergunta que muitos se fazem e que, acreditem, eu também faço: por que não tive o direito de tentar a reeleição? Por que o meu partido, o PSDB da Paraíba, ao qual tanto me dediquei, não reconheceu como legítimo um direito que me havia sido conferido por quase 50 por cento do eleitorado?

Durante todo este processo eleitoral, que começou em outubro do ano passado, ofereci várias soluções que viabilizavam a indicação do meu nome na disputa pelo Senado. Abri caminhos e conversas preliminares para a formação de novas alianças, preocupei-me em garantir maior tempo de propaganda para o partido no guia eleitoral e, por fim, articulei entendimentos que ajudariam numa boa composição da chapa majoritária. Nada disso foi suficiente. O desejo deliberado de me tirar do processo falou mais alto.

Por várias vezes, surpreendi-me com as informações de bastidores dando conta de que os detentores do comando partidário negociavam com outros políticos paraibanos a indicação para a disputa pelo Senado. Vi se repetir, agora, o que já ocorrera em 2010, quando fui preterido da legítima postulação ao Governo em nome de uma aliança que hoje a Paraíba inteira sabe no que resultou, e quem tinha razão.

Coerente com a minha história pessoal, que a trajetória política confirma, fui leal o tempo todo. Fui sincero, honesto e transparente. Em nome do partido e da amizade, conciliei conflitos e aparei arestas... Inúmeras arestas. Não foi o que recebi de volta.

No último dia 29 de junho, o PSDB da Paraíba reuniu-se em convenção e indicou os candidatos majoritários e proporcionais. Uma chapa foi composta à minha revelia, sem que meu nome pudesse ser apresentado aos convencionais. É difícil compreender que as coisas tenham chegado a este ponto, mas chegaram.

A esta altura, renovando os agradecimentos aos meus familiares, sempre solidários ao longo tempo; aos meus verdadeiros e fiéis amigos que se revelam no olhar e nos gestos; e, finalmente, a todos os paraibanos que reconhecem a minha postura honrada em todo este episódio, devo informar que estou me afastando da atividade política na Paraíba. Não concordo e não comungo com os procedimentos e as práticas que a contaminaram. Como nunca exerci o poder meramente pelo poder, não há prova maior de desapego que esta de não disputar qualquer mandato eletivo nestas eleições.

Deixo claro que minha decisão é hoje, e sempre será, de respeito a quaisquer das opções que, de forma livre e legítima, serão abraçadas por familiares, amigos e correligionários no atual processo eleitoral do Estado.

No plano nacional, gostaria de me dirigir àqueles que possam considerar um pedido: vou caminhar com Aécio Neves, que representa hoje a esperança de um Brasil melhor.

Como diz o Eclesiastes, “tudo tem o seu tempo determinado”. Tempo de falar e tempo de ficar calado.

Mas, sobretudo, sempre haverá tempo para os bons propósitos.

Para quem tem Deus, nunca é tarde pra recomeçar.

João Pessoa, 21 de julho de 2014
Senador Cícero Lucena

 aracilba_ney

A ex-secretária estadual da Receita, Aracilba Rocha, e o ex-senador Ney Suassuna, anunciam nesta segunda-feira (21) o seu apoio ao candidato a governador Cássio  Cunha Lima (PSDB). A informação foi obtida com exclusividade pelo Blog do Gordinho. O anúncio oficial será feito durante uma entrevista coletiva que será concedida por Aracilba na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API), às 10h30, em João Pessoa.
Aracilba Rocha foi uma das mulheres de confiança do governador Ricardo Coutinho (PSB) ficando durante quase todo o mandato na principal secretaria estadual, a da Receita, sendo considerada a “dona do cofre” do Estado até o mês de abril deste ano. Em 2010, ela coordenou a campanha de Ricardo, ao lado de Nonato Bandeira (PPS).
Já Ney Suassuna foi senador da República e chegou a ser ministro da Integração Nacional. Atualmente Ney é do PSL.
cassio_santanaPrefeita de Santana de Mangueira adere à Cássio
Quem também aderiu a candidatura de Cássio Cunha Lima foi a prefeita Tânia de Nerival, que administra o município de Santana de Mangueira e decidiu que irá acompanhar o candidato da Coligação A Vontade do Povo para governador.
Para definir o seu apoio para Cássio, o a prefeita lembrou todas as ações que Cássio fez na cidade durante o seu período de governo, com forte atuação em defesa dos agricultores, dos estudantes e principalmente das pessoas que mais precisam de apoio do governo, culminando com a construção da PB-374, que ligou o município de Santana de Mangueira a Ibiara.


Com Blog Do Gordinho