Por sorte, a mulher não se machucou (Reprodução / YouTube)

A sessão de fotos de um casamento terminou em desastre depois que o cavalo que a noiva estava sentada em cima disparou, jogando-a no chão.
Lauren Mahaffey pediu o equino para compor as imagens do seu álbum, realizando o ensaio fotográfico em Myrtle Beach, Califórnia, pouco antes da sua cerimônia.
Apesar do susto da moça e de toda a equipe que acompanhava a sessão, felizmente, a noiva não sofreu grandes prejuízos.



poptrash.pop.com.
O IFPB está com inscrições abertas para o curso de Licenciatura em Letras, habilitação em Língua Portuguesa na modalidade a distância. As inscrições estão sendo realizadas até dia 23 de janeiro. Estão sendo ofertadas 400 vagas para o primeiro e segundo semestre letivo de 2015, divididas entre os campi/polo de João Pessoa, Campina Grande, Picuí e Sousa.
Para se inscrever é necessário preencher eletronicamente todos os itens do Formulário de Inscrição, inclusive o Questionário Socioeconômico. A inscrição custa R$30,00.  Até o dia 26 de dezembro poderá ser solicitado isenção de pagamento.
O processo seletivo será realizado no dia 22 de fevereiro. Os candidatos que forem utilizar a nota do Enem no processo não precisarão realizar a prova de seleção. Há vagas reservadas para professores da rede pública e cotas para egressos de escolas públicas, pessoas com deficiência, e assentados da reforma agrária.
O resultado está previsto para ser publicado no dia 13 de março. E o inicio das aulas na data provável de 04 de abril.
Consulte aqui o edital.

*Patricia Nogueira – jornalista do IFPB
provedor-de-internet
A televisão ainda é o principal meio de comunicação no Brasil, mas os brasileiros já passam mais tempo navegando na internet do que na frente da TV. A informação está na Pesquisa de Mídia Brasileira 2015, divulgada nesta sexta-feira (19) pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.
De acordo com a pesquisa, os brasileirospassam, em média, quatro horas e 59 minutos por dia usando a internet durante a semana e quatro horas e 24 minutos/dia nos fins de semana. Já a média de tempo assistindo à TV fica em quatro horas e 31 minutos/dia nos dias de semana e quatro horas e 14 minutos aos sábados e domingos.
“A diferença ainda é pequena, mas mostra uma tendência importante e que deve ser analisada. O tempo [de uso das redes] dá um parâmetro de como o brasileiro está migrando de forma consolidada para os meios de comunicação digitais”, avaliou o ministro da Secom, Thomas Traumann.
De acordo com a pesquisa, a internet é o terceiro meio de comunicação mais usado pelos brasileiros, atrás da TV e do rádio e à frente dos jornais e revistas. O levantamento, que ouviu 18 mil pessoas e traçou um perfil do consumo de informações nas diferentes mídias, apontou que 43% dos brasileiros usam a rede como meio de comunicação.
Entre os usuários da internet no Brasil, 76% acessam a rede todos os dias. O pico de uso é às 20h, tanto nos dias úteis quanto nos fins de semana. De acordo com a pesquisa, 67% acessam a rede em busca de informações ou notícias, mesmo percentual dos que dizem entrar na internet para buscar entretenimento (pergunta de múltiplas respostas).
Em relação ao grau de confiança no meio, 27% dizem confiar “sempre ou muitas vezes” nas notícias da internet, 58%, nos jornais e 54%, na televisão.
A pesquisa da Secom revela que uso da internet é mais influenciado pelas características sociodemográficas que os outros meios de comunicação. “Renda e escolaridade criam um hiato digital entre quem é um cidadão conectado e quem não é. Já os elementos geracionais ou etários mostram que os jovens são usuários mais intensos das novas mídias”, disse Traumann.
Entre os jovens com até 25 anos, 63% acessam a internet todos os dias. O percentual cai para 4% na faixa etária de 65 anos ou mais. No recorte por renda, a pesquisa constatou que entre os que têm renda familiar superior a cinco salários-mínimos, 76% acessam a internet pelo menos uma vez por semana. Por outro lado, entre os que têm renda familiar até um salário-mínimo por mês, 20% acessam a internet com a mesma frequência.
O grau de escolaridade também influencia a frequência de acesso à rede: apenas 8% dos entrevistados que estudaram até a 4ª série acessam a internet pelo menos uma vez por semana, percentual que aumenta para 87% entre os que têm ensino superior.
A Secom identificou baixo nível de participação dos internautas em consultas públicas, fóruns, enquetes e outros canais de participação promovidos pelo governo em plataformas online. “É baixo o contato direto entre o cidadão e governos ou instituições públicas. Apenas 25% dos usuários entraram em contato por e-mail, formulários eletrônicos, chats, redes sociais, fóruns de discussão ou de consultas públicas nos últimos 12 meses”, de acordo com o levantamento.
A pesquisa também constatou baixos percentuais de grau de conhecimento dos usuários da internet sobre as formas oficiais de comunicação do governo federal na web: o Portal Brasil, o site do Palácio do Planalto e o Blog do Planalto). Na pergunta estimulada, 77% dos entrevistados responderam que não conhecem o Portal Brasil “mesmo que só de ouvir falar” e 81% não conhecem o site do Palácio do Planalto. O Blog do Planalto é ainda mais desconhecido, com 85% de respostas negativas.
Segundo Traumann, o levantamento é a maior pesquisa de mercado sobre o tema e é importante para que o governo defina estratégias de comunicação e publicidade. “Temos obrigação legal e formal de usar os recursos da melhor forma, da forma mais eficiente, isso é fundamental para a nossa estratégia de comunicação”, ponderou.

Agência Brasil

 

Aliado de Adriano Galdino (PSB) na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Tião Gomes (PSL) disse ao Portal MaisPB que “traição sempre acontece”, mas afirma que não haverá deserção dos parlamentares à candidatura do socialista.

“A coisa está tão progressiva que não tem mais como dá um retrocesso”, disse Tião sobre as adesões de deputados em apoio a Adriano. Gomes ainda disse acreditar em consenso em torno dos deputados Adriano Gaudino e Gervásio Maia, para presidentes no primeiro e segundo biênios respectivamente, na Casa. Ele afirma que esta é a meta dos aliados das candidaturas.

Questionado se pode haver traição dos deputados às candidaturas, Tião disse que isso “sempre acontece”, mas descartou a possibilidade de mudança acentuada dos eleitos. “Nós tivemos um caso desse nos anos noventa, quando José Lacerda dormiu presidente, mas o eleito foi Carlos Dunga, mas isso é uma raridade e eu acho que não vai acontecer. Nós somos pessoas maduras”.





Écliton Monteiro – MaisPB

 Costa cita 28 políticos no esquema da Petrobrás

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa citou uma lista com 28 políticos em 80 depoimentos prestados durante as investigações da Operação Lava-Jato. Entre os citados estão ministro, ex-ministros, deputados, senadores, governador e ex-governadores. A reportagem é do O Estado de S. Paulo, que obteve a lista completa.


Nos depoimentos, Paulo Roberto Costa teria citado o governador reeleito do Acre, Tião Viana (PT), os deputados Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e José Otávio Germano (PP-RS). Também constam da lista a ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann, o senador Humberto Costa e o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Da oposição, há dois nomes na lista, ambos de políticos que já morreram: o candidato à presidência da República pelo PSB e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e o ex-presidente nacional do PSDB Sérgio Guerra. Costa teria afirmado que intermediou, em 2010, o pagamento de R$ 20 milhões para o caixa 2 para a campanha de reeleição de Campos ao governo do Estado.

De acordo com a reportagem do Estadão, alguns políticos recebiam repasses com frequência ou valores que chegaram a superar R$ 1 milhão. O dinheiro teria sido usado em campanhas eleitorais.

A denúncia contra parlamentares investigados na Operação Lava Jato deve ser apresentada ao Supremo Tribunal Federal pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em fevereiro do ano que vem.

Confira a lista dos 28 políticos citados por Paulo Roberto Costa:

PT
Gleisi Hoffmann, senadora (PR) e ex-ministra da Casa Civil
Humberto Costa, senador (PE) e líder do PT no Senado
Antonio Palocci, ex-ministro dos governos Lula e Dilma
Lindbergh Farias, senador (RJ)
Tião Viana, governador reeleito do Acre
Delcídio Amaral, senador (MS)
Cândido Vacarezza, deputado federal (SP)
Vander Loubet, deputado federal (MS)

PMDB
Renan Calheiros, presidente do Senado (AL); Edison Lobão, ministro de Minas e Energia (MA)
Edison Lobão, ministro de Minas e Energia (MA)
Henrique Alves, presidente da Câmara (RN)
Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro
Roseana Sarney, ex-governadora do Maranhão
Valdir Raupp, senador (RO) e 1° vice-presidente do partido
Romero Jucá, senador (RR)
Alexandre José dos Santos, deputado federal (RJ)

PSB
Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco

PSDB
Sérgio Guerra, ex-presidente nacional do PSDB

PP
Ciro Nogueira, senador (PI)
João Pizzolatti, deputado federal (SC)
Nelson Meurer, deputado federal (PR)
Simão Sessim, deputado federal (RJ)
José Otávio Germano, deputado federal (RS)
Benedito de Lira, senador (AL)
Mário Negromonte, ex-ministro das Cidades
Luiz Fernando Faria, deputado federal (MG)
Pedro Corrêa, ex-deputado federal (PE)
Aline Lemos de Oliveira, deputada federal (SP)


ResumoPB
O presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Nelson Fonseca Leite, anunciou nesta quinta-feira (18) que a tarifa de energia elétrica ficará mais cara para o consumidor nos primeiros três meses de 2015. A medida faz parte do sistema de bandeiras tarifárias, que repassa mensalmente os custos das distribuidoras com o uso de termelétricas e que entra em vigor a partir de janeiro próximo.
Consumo-de-energiaA bandeira vermelha significa que os custos com geração de energia estão mais altos e que, por isso, haverá um acréscimo de R$ 3 para cada 100 killowats-hora consumidos. No entanto, o sistema não deverá resultar em custo extra para os consumidores, porque atualmente os gastos que as distribuidoras têm com a compra de energia de termelétricas já são incluídos nas tarifas de energia, só que isso é feito anualmente.
As distribuidoras de energia deverão apresentar à Aneel os pedidos de revisão extraordinária de tarifas na primeira semana de janeiro de 2015, por causa dos gastos extras que tiveram com a compra de energia de termelétricas em 2014. 
A cobrança pelo sistema de bandeiras tarifárias vai ser dividida por subsistemas, o que quer dizer que os consumidores de estados do Sul podem pagar um valor diferente daqueles que moram mais ao Norte do país. No entanto, a bandeira aplicada mensalmente será a mesma para todos os consumidores de um mesmo subsistema. Ou seja, ainda que uma pessoa de determinada região economize mais que as outras do mesmo subsistema, o valor cobrado será igual.



Portal mídia

Ricardo Coutinho

Ricardo Coutinho (PSB) é o sexto governador mais popular nas redes sociais entre os 27 eleitos para comandar os executivos estaduais dos 27 estados a partir de 2015. De acordo com levantamento realizado pelo Jornal Correio nas páginas públicas dos governadores no Facebook, o paraibano é ainda o segundo mais popular no Nordeste, perdendo apenas para o eleito em Pernambuco, o também socialista Paulo Câmara.


Com um uso cada vez mais diário e com discurso mais aproximado ao do internauta desde a campanha eleitoral deste ano, o governador Ricardo Coutinho já conseguiu atrair para sua página 190.786 pessoas que curtiram suas postagens e demonstraram o interesse em continuar acompanhando a interação do político na rede social.

O governador que reúne mais curtidas é o de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que conta com 718.881 curtidas, pouco mais de três vezes mais do que o paraibano. O pernambucano, Paulo Câmara (PSB), com 318.398 curtidas é o segundo no ranking, seguido por Beto Richa, do Paraná, com 233.500 curtidas. Ainda estão na frente de Ricardo, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Pezão, com 198.382 curtidas e Fernando Pimentel, de Minas Gerais, com 197.940 curtidas.



Portal Correio

 ChicoCesar

Durante a entrega  do prêmio do Fest Aruanda, o músico paraibano Chico César, anunciou que deixa a secretaria de Cultura do Estado – pasta que ocupa desde o início da gestão do governador Ricardo Coutinho.
Segundo Chico César, a missão posta a ele foi cumprida com sucesso. O mesmo deixa o cargo para desenvolver um projeto cultural na área de música e produção junto a marca de cosméticos ‘Natura’.
O governador deve anunciar o sucessor na próxima segunda-feira (22).



Portal Mídia

 

As agências bancárias não abrirão ao público nos dias 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informa que o dia 30 deste mês será o último dia do ano para quem optar em realizar transações financeiras nas agências bancárias.

Em 31 de dezembro, último dia do ano, os bancos fecharão para realizar operações internas e fechamento de seus balanços. Não haverá atendimento ao público nas agências bancárias.
Na véspera de Natal, dia 24, os bancos estabelecerão horários especiais, seguindo a resolução nº 2.932, que garante ao público um atendimento mínimo de duas horas.

De acordo com informações da Febraban, o pagamento das contas de água, luz, telefone e TV a cabo, e os carnês que vencerem nas datas em que os bancos estiverem fechados, poderá ser feito no próximo dia útil após o vencimento (26 de dezembro e 2 de janeiro), sem a incidência de multa.

Sobre os tributos, os boletos são emitidos normalmente já com a data ajustada para o calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

O diretor-adjunto de operações da Febraban, Walter Tadeu Pinto de Faria, lembra que, “mesmo durante o feriado, os canais como internet banking e caixas eletrônicos funcionarão normalmente, facilitando, dessa forma, a vida do consumidor”.

Além do internet banking e caixas eletrônicos (os ATMs), a população também pode realizar operações bancárias por meio do mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e estabelecimentos comerciais credenciados). 

Os clientes podem ainda agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo) ou pagá-las se tiverem o código de barras, nos próprios caixas automáticos ou em correspondentes bancários.
Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).


Com Portal correio

 

A Cagepa está concluindo estudos para um aumento na tarifa cobrada do público pelo serviço de fornecimento de água e esgoto em toda a Paraíba. Segundo o presidente da companhia, Deusdete Queiroga, para que o aumento sejaaprovado ele ainda precisará passar por uma audiência pública.

“Ainda não temos como dizer qual o valor que será aprovado. Os estudos estão sendo conduzidos pelos técnicos da empresa, que estão estudando os custos operacionais deste ano”, explicou.

Ele revelou que vários fatores externos determinaram o aumento da tarifa, tais como o aumento nas contas de energia elétrica, custos com pessoal e o aumento do preço dos produtos químicos usados como insumos para a limpeza da água comercializada pela empresa.

“Há realmente uma necessidade. Ao longo do ano nós tivemos estes aumentos de custo e é natural que a Cagepa use este reajuste para cobrir e repor os custos da empresa”, disse Deusdete.

O reajuste deverá acontecer já em janeiro de 2015. Em uma semana deveremos ter organizado e realizado a audiência pública e teremos os preços novos da tarifa de água e esgoto. Nossos técnicos esperam até o último momento para divulgarem estes valores, justamente para poderem ter um cenário mais realista do preço real que poderemos cobrar a partir do ano que vem.


Paraíba.com

 

O Ministério da Saúde publicou a Portaria nº 2.759, no dia 12 de dezembro de 2014, que estabelece recursos para confecção de próteses dentárias nos Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPD). Na Paraíba, foram habilitados 43 laboratórios, para os quais o Ministério da Saúde disponibilizará R$ 3,2 milhões, chegando a um investimento anual de R$ 13,3 milhões. A ampliação do atendimento faz parte das ações do Brasil Sorridente, programa que visa garantir assistência odontológica gratuita para a população que depende do SUS.

Os 43 municípios habilitados são: Algodão de Jandaíra; Areia; Areia de Baraúnas; Assunção; Borborema; Cachoeira dos Índios; Caiçara; Caldas Brandão; Casserengue; Conceição; Diamante; Duas Estradas; Emas; Esperança; Frei Martinho; Gurinhém; Gurjão; Juazeirinho; Lagoa; Lagoa de Dentro; Lagoa Seca; Livramento; Malta; Marizópolis; Mataraca; Monte Horebe; Ouro Velho; Parari; Pedra Lavrada; Pedro Régis; Pirpirituba; Puxinanã; Riachão; Riachão do Poço; Santa Cruz; Santa Inês; São Domingos; São José de Espinharas; São José de Piranhas; São José dos Cordeiros; São Mamede; Sossêgo e Uiraúna.“Estes laboratórios terão a finalidade específica de produzir próteses, de acordo com as demandas dos consultórios dentários das Unidades de Saúde da Família dos municípios”, explicou a gerente operacional da Atenção Básica, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Shenia Maria Felício.

Segundo Shenia, a SES incentiva os municípios a aderirem ao programa Brasil Sorridente, do Ministério da Saúde, mostrando o passo a passo, com o objetivo de melhorar a saúde bucal da população paraibana.

Com os novos credenciamentos, o número de laboratórios em funcionamento no Estado passa de 109 para 152, o que representa uma ampliação de 39%.

Em todo País, serão credenciados 539 novos laboratórios, totalizando 1.993 unidades. Para custeio desses estabelecimentos, serão repassados mais de R$ 198,3 milhões anuais. Quando os laboratórios começarem a produzir, o número de próteses dentárias será ampliado em 54%, passando de 500 mil para 770 mil, ao ano, para a população. Em 10 anos de implantação do programa, foram entregues mais de 2,1 milhões de próteses dentárias pelo SUS.

Secom-PB

O prefeito Fabiano Pedro de Lagoa de Dentro, confirmou em sua página no Facebook atrações que estarão fazendo parte da Festa de São Sebastião em 2015.

Entre as atrações confirmadas estão:

Gabriel Diniz, Cascavel e Forró do Bom, além de Alexandre Carvalho e Banda Karkará.