Outdoor

O radialista Edcarlo Monteiro acaba de ser afastado de suas funções na Rádio Rural AM de Guarabira. O motivo que levou a direção da emissora a tomar essa decisão ainda é desconhecido, pelo menos para o comunicador. Foi o que ele afirmou ao Blog do Ikeda.
Até o momento não houve demissão, apenas, uma suspensão temporária. Porém, se ele voltar ao ar, isso só ocorrerá após as eleições de outubro ou, quem sabe, seja convocado antes para cobrir o pleito. Se ele for demitido, então, aquele outdoor na entrada da cidade também deve perder o sentido e, claro (!), a validade.
Há quem diga, no entanto, que tudo tenha sido motivado por causa de política: Edcarlo Monteiro pretende se envolver na campanha eleitoral este ano.
Nos bastidores da imprensa local, o nome do jovem Pedro Júnior, de Pilõezinhos, está sendo apontado para cobrir a vaga de Edcarlo na Rádio Rural. Mas até aqui a direção da emissora também não se pronunciou sobre o assunto.
 
 
Por Ikeda Gomes

Dilma, Eduardo e Aécio

O Sistema Correio de Comunicação divulgou, na noite desta sexta-feira (25), a primeira pesquisa eleitoral Correio/Souza Lopes, após os registros de candidatura na Justiça Eleitoral para disputa pela Presidência da República. A pesquisa foi exibida na edição do 'Jornal da Correio' e revelou os seguintes dados de intenções de votos:


Dilma Rousseff (PT) lidera com 47,4%, seguida por Eduardo Campos (PSB), com 12,9%, logo à frente de Aécio Neves (PSDB), que aparece com 12,6%. Em quarto lugar vem o Pastor Everaldo (PSC), com 1,1%, acompanhado por José Maria (PSTU), com 0,5%. Um pouco atrás surge Luciana Genro (PSOL), com 0,3 % e Eduardo Jorge (PV), com 0,2%, empatado com Rui Costa Pimenta (PCO), também com 0,2%. Somando apenas 0,1% cada, estão José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB). Ninguém/Brancos/Nulos somaram 11,7%. Não sabem ou não opinaram 12,9%. 

Foram realizadas 1500 entrevistas com eleitores do Estado da Paraíba no período de 19 a 22 de julho de 2014, considerando um erro amostral máximo de 2,6 pontos percentuais, com um nível de confiança de 95%. 

A pesquisa foi registrada no TRE-PB sob o número: PB 00013/2014 - 20/07/2014 e no TSE sob o número: 00244/2014 - 20/07/2014 .



Com Portal Correio

Maranhão, Lucélio e Santiago

A primeira rodada de pesquisa para o Senado da República, após o registro das candidaturas no Tribunal Regional da Eleitoral (TRE-PB), realizada pelo Instituto Souza Lopes, traz o candidato da coligação ‘Renovação de Verdade’, o ex-governador José Maranhão (PMDB) à frente da disputa com 31,3%, na consulta estimulada. Em seguida, aparece o ex-senador Wilson Santiago (PTB), que integra a coligação ‘A Vontade do Povo’, com 16,5%.
O petista Lucélio Cartaxo, que integra a coligação ‘A Força do Trabalho’, está em terceiro com 7% das intenções de voto. A pesquisa, realizada em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, mostra ainda que o ex-deputado Walter Brito Filho, que concorre pelo PTC, aparece em quarto lugar com 2,7%. Leila Fonseca, do Pros, tem 0,5%; Nelson Júnior, concorrendo pelo PSOL. está com 0,3%.
Já o candidato do PCO, Gilson Ferreira, último a registrar candidatura, e Rama Dantas, do PSTU, aparecem com 0,1%. Votos brancos e nulos para o Senado, segundo o Instituto Souza Lopes, seriam 16,7%. Outros 24,7% não souberam ou não quiseram responder à consulta estimulada para o Senado.


Com Portal Correio
Em mais uma postagem em seu perfil no facebook, o advogado Marcelo Matias, fez uma grave denúncia na noite desta sexta-feita (25), na postagem o advogado alega que o prefeito Edgar Gama estaria se utilizando de um caminhão de placas KGI 1830 locado a Prefeitura Municipal de Belém, para abastecer um deposito de material de construção em que o mesmo seria sócio, segundo o advogado isso se caracteriza Improbidade Administrativa.

Confira na integra o print da denúncia e as fotos.
 
 



 Candidatos ao governo da Paraíba

O Sistema Correio de Comunicação divulgou, na noite desta sexta-feira (25), a primeira pesquisa eleitoral Correio/Souza Lopes, após os registros de candidatura na Justiça Eleitoral para disputa ao Governo da Paraíba. A pesquisa foi exibida na edição do 'Jornal da Correio' e revelou os seguintes dados de intenções de votos:

Cássio Cunha Lima - PSDB - 45,5 %
Ricardo Coutinho - PSB - 29,2 %
Vital do Rêgo Filho - PMDB - 4,4%
Major Fábio Rodrigues - PROS - 0,8 %
Antônio Radical - PSTU - 0,1 %
Tárcio Teixeira - PSOL - 0,1 %
Brancos/Nulos - 9,3%
Não sabem/Não opinaram - 10,7 % 
Foram realizadas 1500 entrevistas com eleitores do Estado da Paraíba no período de 19 a 22 de julho de 2014, considerando um erro amostral máximo de 2,6 pontos percentuais, com um nível de confiança de 95%. 
A pesquisa foi registrada no TRE-PB sob o número: PB 00013/2014 - 20/07/2014 e no TSE sob o número: 00244/2014 - 20/07/2014.



Com Portal Correio
Pedido de registro de candidatura de Cássio é deferido pelo TRE e Ação de RC contra Maranhão, arquivada
A coligação “Renovação de Verdade”, liderada pelo PMDB, pediu a exclusão do Partido dosTrabalhadores (PT) da coligação “A Força do Trabalho 2″, liderada pelo PSB, composta de candidatos ao cargo de deputado estadual. A alegação é de que o PT jamais poderia ter ser sido incluído na coligação, uma vez que o partido já estaria compondo a coligação do PMDB, tanto na disputa majoritária quanto na proporcional.
Em sua contestação, o PSB esclarece que em nenhum momento o Partido dos Trabalhadores compôs a coligação “A Força do Trabalho 2″, que é composta dos partidos PSB, DEM, PRTB, PDT e PRP.
O juiz Tércio Chaves, do Tribunal Regional Eleitoral, rejeitou o pedido do PMDB por entender que de fato o PT não integra a coligação “A Força do Trabalho 2″ na eleição de deputado estadual.
“Sem maiores delongas e sem aprofundar nos argumentos trazidos pelas partes, há de se reconhecer a manifesta improcedência do pedido do autor, vez que não se pode excluir partido que nunca compôs a coligação impugnada. Em verdade, mesmo uma leitura superficial da impugnação interposta permite concluir que houve equívoco da coligação impugnante vez que sua argumentação parte da falsa premissa de que o Partido dos Trabalhadores foi incluído no presente DRAP, o que de fato não aconteceu”, destacou o juiz Tércio Chaves ao extinguir a Ação de Impugnação ao Registro de Candidatura.


Fonte: Jornal da Paraíba


O pedido de registro da candidatura da coligação 'A Vontade do Povo' encabeçada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi deferido, por unanimidade no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nesta sexta (25). Na mesma sessão, a Ação do governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB) contra o ex-governador José Maranhão (PMDB) foi arquivada pelo Tribunal. 
No caso da candidatura de Cássio, o pleno entendeu que não houve nenhuma falha no processo de formação da coligação.
A Ação movida pelo governador, proveniente ainda do pleito de 2010, que acusava Maranhão de uso político do Jornal Estatal, A União, no período em que foi governador do estado, foi arquivada pelo TRE. 


Com paraiba.com


O vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB), na tarde desta quinta-feira (24), usou o twitter para rebater as acusações da coligação ‘A Força do Trabalho’, que tem o governador Ricardo Coutinho (PSB) como candidato a reeleição.
Ronaldinho que é irmão de Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo pela coligação ‘A Vontade do Povo’, disse nas redes sociais que a denúncia é fruto de “desespero” e acusou os denunciantes de terem cometido um “crime”.
"O desespero e o desatino tomaram conta dos adversários. A pretexto de denunciar um crime inexistente, terminaram eles por cometer o crime", afirmou o vice-prefeito no Twitter.
"Não bastasse a perseguição aos servidores públicos, o governo passou a perseguir, coagir e a intimidar os prefeitos. Agora gravam tudo. Gravam os prefeitos de forma criminosa e simulam a prática de crimes que eles é que vêm cometendo. Nunca vi nada igual. Perderam a razão", concluiu.
A denúncia foi apresentada pela coligação “A Força do Trabalho” na tarde desta quinta-feira (24) em coletiva de imprensa realizada na sede da API. Segundo a acusação, o prefeito da Caiçara, Cícero Francisco, aceita dinheiro em troca de apoio a candidatura do PSDB.


Com Paraiba.com


A coligação ‘Força do Trabalho’ fez uma denúncia na delegacia da Polícia Federal em Cabedelo no início da tarde desta quinta-feira (24) contra o PSDB, alegando que o partido comprou o apoio de vários prefeitos de municípios paraibanos.
O coordenador de campanha da coligação, Célio Alves, afirmou durante uma coletiva de imprensa, logo após a formalização da denúncia, que diversos prefeitos que sempre estiveram apoiando o atual governador Ricardo Coutinho (PSB) simplesmente declaram apoio ao PSDB sem qualquer explicação.
A assessoria jurídica afirmou em seguida que o prefeito Cícero Francisco, do município de Caiçara, fez negociações para apoiar a candidatura do PSDB ao Governo. O jornalista Sales Dantas, se passando por chefe de gabinete do PSDB, se encontrou com o prefeito e obteve provas do suposto crime.

“Essa gravação é uma das principais provas, mas também não é a única. É importante ouvir os prefeitos acusados. Só podemos citar o prefeito do município de Caiçara, Cícero Francisco e não podemos citar outros nomes porque essa investigação segue em sigilo,” disse um dos advogados do PSB.
A gravação teria sido obtida pelo jornalista Sales Dantas, que se passou por um chefe de gabinete para conversar com o prefeito Cícero. Na conversa, Sales afirmou que o acordo seria de R$ 200 mil, mas o prefeito contestou lembrando que "o presidente da Assembleia já teria fechado em R$ 600 mil".
A gravação não foi reproduzida na coletiva de imprensa, todas as informações contidas nessa matéria estão de acordo com as declarações dadas pelo coordenador de campanha da coligação, Célio Alves e a assessoria jurídica. 




Com Paraiba.com
.
As eleições deste ano na Paraiba contará com um serrano candidato a Deputado Estadual, segundo dados já disponibilizados na justiça Eleitoral.

Valdir Braz (Francisco Valdir de Oliveira) é do Partido Progressista (PP) e consta na sua naturalidade Serra da Raíz.

Valdir Braz 11234

Cargo em disputa: Deputado Estadual
Paraíba
PP / PB
Valdir Braz
Valdir Braz é candidato a Deputado Estadual pelo Partido Progressista.

Dados de Valdir Braz

Nome: Francisco Valdir De Oliveira Idade: 53 anos (16/12/1960) Naturalidade: Serra da Raiz Estado Civil: Casado(a) Ocupação: Comerciante Escolaridade: Ensino Médio incompleto

Candidato a Deputado Estadual Valdir Braz 11234

Número: 11234 Nome para urna: Valdir Braz Cargo a que concorre: Deputado Estadual Estado: Paraíba
Partido: Partido Progressista
Coligação: A VONTADE DO POVO II (PSDB / PEN / PP / PR / PTB)



Com  http://www.eleicoes2014.com.br/valdir-braz/
O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna

São Paulo – O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna faleceu nesta quarta-feira, 23, aos 87 anos, segundo informou a GloboNews.
O escritor foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Real Hospital Português, em Recife (PE), na noite desta segunda-feira (21) após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Ele estava em coma e respirava com ajuda de aparelhos.
Ariano Suassuna nasceu em João Pessoa, em 16 de junho de 1927. Seu pai, João Suassuna, governou o estado daParaíba entre 1924 e 1928 e foi assassinado no Rio de Janeiro em consequência da Revolução de 1930, quando Ariano tinha apenas 3 anos.
No mesmo ano, sua mãe voltou com os 9 filhos para uma cidade no sertão da Paraíba, Taperoá, onde o escritor começou a frequentar a escola. Doze anos depois, a família se mudou para Recife e, em 1946, Ariano entrou na Faculdade de Direito.
Seu interesse por teatro se manifestou logo. Ainda na faculdade, Suassuna fundou com outros colegas o Teatro do Estudante Pernambucano e escreveu sua primeira peça, “Uma mulher vestida de sol”, que foi premiada.
Formou-se em 1950, mas nunca abandonou seu interesse pelo teatro. Produziu diversas peças neste período e seu maior sucesso, “O Auto da Compadecida”, foi escrita em 1955.
Com ela, o autor ganhou prêmios e projeção nacional e internacional. O texto foi traduzido para nove idiomas e adaptado para o cinema pelo diretor Guel Arraes em 2000.
Em 1957, Ariano se casou com Zélia de Andrade Lima, com a qual teve seis filhos. Foi membro fundador do Conselho Federal de Cultura, do qual fez parte de 1967 a 1973 e do Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco, no período de 1968 a 1972.
Em 1969, foi nomeado Diretor do Departamento de Extensão Cultural da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, ficando no cargo até 1974.
Seu interesse pela cultura o fez lançar em Recife, em 1970, o “Movimento Armorial”, que buscava o desenvolvimento e o conhecimento das formas de expressão populares tradicionais.
O escritor também foi Secretário de Educação e Cultura do Recife de 1975 a 1978 e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) por mais de 30 anos, onde ensinou Estética e Teoria do Teatro, Literatura Brasileira e História da Cultura Brasileira.
Ariano Suassuna era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1989. 
Atualmente, estava engajado na campanha do candidato à presidência Eduardo Campos (PSB), participando do lançamento de sua candidatura em abril em Brasília e também de um encontro com a militância de Campos no início de julho.

Com Exame e G1

taffarel ex-goleiro (Foto: Getty Images)

O técnico Dunga e o coordenador Gilmar Rinaldi anunciaram, na tarde desta quarta-feira, a nova comissão técnica da seleção brasileira. Titular nas Copa de 1990, 1994 e 1998, Taffarel está de volta. Ele será o preparador de goleiros, cargo que vinha exercendo no Galatasaray, da Turquia. Taffarel colaborou com Dunga em 2010, como olheiro na Copa do Mundo. O cargo de auxiliar-técnico será de Andrey Lopes, que trabalhou recentemente com o treinador no Internacional. 
Outro atleta campeão da Copa do Mundo de 1994, Mauro Silva também fará parte da comissão técnica.
- Abrimos um leque de profissionais de várias partes do país para trabalhar. Trouxemos alguns campeões do mundo para a Seleção ter um DNA de campeão, para transportar essa experiência e qualidade - disse Dunga, durante o anúncio, no site da CBF. 
No entanto, segundo Gilmar Rinaldi, o ex-volante será um auxiliar-técnico pontual para os primeiros amistosos. A CBF pretende convidar ex-jogadores para colaborar em determinados jogos.
-  Vamos chamar jogadores que já foram campeões do mundo para termos este DNA em nossa equipe. Queremos que este profissional seja sempre o nosso olho crítico, apontando aquilo em que podemos melhorar - revelou Gilmar Rinaldi. 
O preparador físico Fábio Mahseredjian também foi confirmado. Ele vai substituir Paulo Paixão, que deixou a seleção brasileira com a antiga comissão técnica. Quem segue na Seleção é o médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG.
Mauro Silva tour da taça rio branco (Foto: João Paulo Maia)Campeão ao lado de Dunga em 1994, Mauro Silva vai ajudar nos primeiros jogos (Foto: João Paulo Maia)

Com Dunga, Gilmar Rinaldi, Taffarel e Mauro Silva, quatro tetracampeões da Copa de 1994 fazem do novo comando da seleção brasileira. Curiosamente, na semana passada comemorou-se 20 anos da conquista nos Estados Unidos. 


Dunga foi confirmado como novo técnico da seleção brasileira nesta terça-feira. Ele retorna ao comando da equipe após quatro anos. Sua primeira convocação nesta nova fase será no dia 25 de agosto, quando ele chamará atletas para os amistosos contra Colômbia e Equador, nos dias 5 e 9 de setembro, respectivamente, nos EUA. 

Nova comissão técnica da Seleção


Coordenador técnico - Gilmar Rinaldi

Técnico - Dunga
Assistente técnico - Andrey Lopes
Assistente técnico pontual - Mauro Silva
Preparador físico - Fabio Mahseredjian
Preparador de goleiros - Claudio Taffarel
Médico - Rodrigo Lasmar
Fisioterapeuta - Odir de Souza
Administrador - Guilherme Ribeiro
Assessor de comunicação e imprensa - Vinicius Rodrigues 
Analista de desempenho tático - Fernando Lázaro Alves
Chefe de segurança - Moacyr Alcoforado
Massagista - Sergio Luís Oliveira 
Roupeiro - Manuel Carvalho de Souza
Roupeiro - Waldecir Leandro do Nascimento


Com Globo esporte