Recorte de parte da matéria publicada na edição de novembro da Revista EXPRESSO

Nos últimos tempos, uma forte onda popular de combate a corrupção se alastrou pelo Brasil afora e movimentações e protestos ganharam ruas e avenidas do país mostrando a insatisfação do povo com o sistema político-partidário-administrativo em vigência no país. Dentre as insatisfações registre-se a direcionada ao sistema eleitoral que a cada ano leva os políticos a se envolverem em escândalos de corrupção.

Por mais que se critique o sistema, a corrupção eleitoral, sobre tudo a compra e venda de voto, sempre há algum esperto neste país ‘a dentro’ que se arrisca na pratica ilícita e abominável de todos os pontos de vista.

A edição de novembro da Revista EXPRESSO adentra ao ‘submundo’ político-eleitoral nesta realidade das eleições no Brasil e consequentemente na Paraíba. A série “Quanto vale seu voto?” vai mostrar casos de possíveis compra de votos que ocorreram nas eleições deste ano pelo estado afora. Na reportagem de estreia da série a cidade de Duas Estradas, na região do brejo, é palco do primeiro caso a ser mostrado.

Os casos de possíveis compra de votos da cidade em questão vieram a tona depois que as duas principais lideranças políticas locais, o atual prefeito Edson da Farmácia e o ex-prefeito Roberto Carlos, vieram a público se acusarem da prática ilícita de captação de voto.
De um lado o ex-prefeito acusa o atual, do outro o atual prefeito através de um assessor acusa o ex, numa verdadeira guerra de troca de acusações.

A reportagem especial da edição de EXPRESSO deste mês mostra a versão dos lados envolvidos na questão e como aconteceram os eventuais flagrantes.

Você pode encontrar a Revista EXPRESSO nas Bancas:
Em Guarabira na Central das Revistas – Avenida Dom Pedro II – Centro;
Em Sapé na Banca do Zito do Jornal – Ao lado do Hotel Central – Centro;
Em Mari na banca do Supermercado Bom Marchê, Sallys Fashion e Sensual Lingerie;

Da Redação
Do ExpressoPB

 Seu Lunga

Morreu, às 9h deste sábado (22), o poeta e referência da cultura nordestina Joaquim dos Santos Rodrigues, o “Seu Lunga”. Ele tinha 87 anos de idade e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, interior do Ceará, onde tratava um câncer de esôfago.


Conhecido pelas respostas ásperas na ponta da língua, “Seu Lunga” tornou-se personagem de histórias e virou imagem símbolo do matuto nordestino. “Seu Lunga” recebeu homenagens de diversas páginas de redes sociais, as quais levavam o seu nome, onde anedotas eram contadas baseadas no personagem. Além de poeta, “Seu Lunga” também era comerciante e repentista.
O apelido de “Seu Lunga” ele ganhou de uma vizinha, que o chamava de Calunga. Pai de 13 filhos, “Seu Lunga” será enterrado neste domingo (23), em Juazeiro do Norte.
Foto: Perfil dedicado a "Seu Lunga" em uma rede social
Créditos: Facebook

Foto: Uma das várias anedotas criadas a partir da personalidade de "Seu Lunga"


Créditos: Facebook 


Portal Correio